06 outubro 2007

Para limpeza e arranjo de caminhos vicinais

Junta adquiriu tractor e equipamentos
A Junta de Freguesia de S. Simão adquiriu um tractor e diversos equipamentos, num investimento total de quarenta mil euros, suportados em 50 por subsídio da Câmara Municipal de Nisa, no âmbito do protocolo de descentralização para as freguesias.
O novo tractor e equipamentos destinam-se ao trabalho da autarquia e nomeadamente para a limpeza e arranjo de caminhos vicinais.
A aquisição foi aprovada na reunião da Assembleia de Freguesia realizada no dia 28 de Abril, tendo o presidente da Junta submetido á apreciação e votação, a aquisição de maquinaria “em virtude de o dumper existente estar muitas vezes avariado e sujeito a reparações bastante onerosas, havendo, por isso, longos períodos de inactividade, para além de ser uma máquina obsoleta.
A proposta de aquisição foi votada favoravelmente pela Assembleia de Freguesia, tendo o executivo consultado seis empresas, duas de Nisa, três de Castelo Branco e uma do Fundão.
No caderno de encargos, constavam todas as características pretendidas e pediam-se preços, condições de pagamento, assistência técnica no pós venda e prazo de entrega.
De acordo, com José Hilário, presidente da Freguesia de S. Simão “pretendia-se um tractor com boa potência e cilindrada, de pequenas dimensões, visto os nossos caminhos serem íngremes e estreitos, e conhecermos a sua importância numa freguesia predominantemente florestal, em que ter os caminhos em boas condições de trânsito, limpos de pasto, estevas, rosmaninhos, silvas e giestas, contribui para evitar a proliferação de incêndios.”
Por tudo isto, foi decidido adquirir um tractor com 85 cv e 4000 cc, um desmatador, um atrelado tribasculante, uma pá carregadora frontal, uma caixa de carga e uma pá niveladora
José Hilário diz que “ até à presente data temos tido o apoio gratuito e incondicional da Câmara e até já temos pedido ajuda à Junta de Freguesia do Espírito Santo, pelo quei deixamos os nossos agradecimentos e pomos à disposição os pequenos meios de que a partir de agora dispomos.”