21 junho 2007

PASSEIO À REGIÃO "SALOIA"

Está marcado para o dia 23 de Junho (sábado), um passeio à “região saloia”, organizado pela Junta de Freguesia de S. Simão e o apoio da Câmara Municipal de Nisa na cedência do autocarro. O passeio prevê um itinerário com passagem pela aldeia de Sobreiro e visita à famosa cerâmica de João Franco, Mafra, Ericeira, com paragem para almoço. De tarde, os excursionistas poderão admirar as belezas de Sintra e do seu belo palácio.

15 junho 2007

FREGUESIA DE S. SIMÃO

Com relógio a "dar horas"
S. Simão festeja 450 anos da criação da freguesia

A aldeia do Pé da Serra, no concelho de Nisa, tem já a funcionar um relógio, na frontaria
da igreja. A inauguração foi no dia 3 de Abril e marcou o arranque das comemorações
dos 450 anos da criação da freguesia de S. Simão.
A aldeia do Pé da Serra e por extensão toda a freguesia, viveu no 1º domingo de Abril, um
grandioso dia de festa. A data festiva ficou a assinalar o início das comemorações dos 450
anos da criação da paróquia, que ocorreu em Abril de 1555, por provisão do bispo D. Julião de Alva e foi aproveitada pelo executivo da Junta de Freguesia para a inauguração de um relógio, instalado na frontaria da Igreja Matriz de S. Simão e para a bênção de um novo sino, uma cerimónia a que assistiram os eleitos da Junta, a presidente da Câmara de Nisa, representantes do Bispo da Diocese e da Paróquia e o povo da freguesia.
Muita gente se concentrou no pequeno largo junto à Igreja para presenciar a entrada em
funcionamento do relógio, um instrumento de grande valor para a população da aldeia e
também para ouvir o toque do novo sino, a anunciar um dia de festa.
A igreja do Pé da Serra encheu-se, depois, para ouvir os padres Horácio e Alves falarem
destes acontecimentos tão simples, mas de um significado tão profundo para os habitantes de uma aldeia do interior norte-alentejano, gente envelhecida na sua esmagadora maioria, mas orgulhosa das suas raízes e da terra onde nasceram e vivem.
A actuação do Orfeão de Portalegre na igreja foi seguida com extraordinária atenção e cada composição sublinhada com calorosos aplausos, mostrando por parte dos "pé da serrenses", um gosto e um conhecimento, apurados . Sensibilizados, estavam, igualmente, os elementos do grupo vindo de Portalegre, e dirigido pelo maestro prof. Domingos Redondo, que cantaram ao seu melhor nível, caprichando, também, por transmitirem uma auréola de brilho, às comemorações dos 450 anos da freguesia que se iniciavam.
José Hilário, presidente da Junta de Freguesia, era a imagem da satisfação por ver
concretizado um sonho de muitos anos.
" É um dia de festa para toda a freguesia, não só por já termos em funcionamento o almejado relógio, mas também porque passamos a dispôr de um novo sino. Podem parecer equipamentos de pouca monta, mas são de grande importância na vida da população. O sino que foi substituído não tocava como seria de esperar, agora os toques são ouvidos com nitidez, anunciando quer os bons momentos, os de festa, como os baptizados, mas também outros de sinal mais triste, anunciando a morte de alguém. Para a aldeia é muito Importante por se tratar de um instrumento para informar, comunicar com as pessoas.
O relógio é uma aspiração muito antiga e que agora se concretiza. Foi pago, em metade do seu valor, pela Câmara de Nisa, e a outra metade pela Junta de Freguesia e pela Paróquia".
No que se refere às comemorações dos 450 anos da criação da freguesia de S. Simão, José Hilário disse-nos que as mesmas se irão desenrolar ao longo do ano e com um cunho mais vincado, durante o período das festas de Verão. Estão a ser planeadas algumas iniciativas de carácter cultural e a Junta "dentro das suas disponibilidades, quer assinalar com a dignidade devida, tão importante efeméride".
Após a actuação do Orfeão de Portalegre, a direcção deste grupo agardeceu o convite que lhe tinha sido dirigido e manifestou a sua satisfação por participarem nesta festa, disponibilizando- se para futuras iniciativas. Palavras de agradecimentos foram também as proferidas pelo presidente da Junta e dirigidas aos representantes da paróquia, à presidente da Câmara, aos elementos do Orfeão, aos autarcas do concelho e a toda a população. Depois, na sede da associação "Os Amigos" a festa e o convívio prosseguiram com um beberete oferecido pela Junta de Freguesia, a todos naturais e visitantes.
in "Jornal de Nisa"- Abril de 2005